Viajar de Avião com Chuva – Tudo o que precisa de saber

Vai viajar de avião com chuva? Será que é seguro? Bem, mesmo que não goste de viajar num avião, não precisa de se preocupar. É claro que o mau tempo, em particular, a chuva, pode suscitar muitas dúvidas e medos quando se vai viajar, e isso mesmo quando sabemos que estatisticamente é mais seguro voar do que, por exemplo, conduzir uma viatura.

Se esta é uma preocupação para si, vamos facultar-lhe algumas informações úteis que decerto ajudar-lhe-ão a entrar num avião, mesmo num dia chuvoso, e a colocar de lado todos os seus receios.

Viajar de avião com chuva - Tudo o que precisa de saber
Viajar de avião, mesmo com chuva, é seguro.

O que você precisa de saber sobre viajar de avião com chuva

Portanto, se você se preocupa com viajar de avião com chuva, deve estar devidamente informado sobre:

A segurança no voo mesmo com chuva

É preciso ter em linha de conta que, mesmo que as condições atmosféricas sejam adversas, com chuva e/ou vento no aeroporto, tal não significa que vá ter uma má viagem. Na verdade, se pensarmos, depressa constatamos que literalmente milhares de aviões, todos os anos, voam em condições difíceis, com chuva e neve, sem o registo de qualquer evento.

Além disso, não devemos esquecer que as companhias aéreas têm regras rígidas sobre as operações, em particular, sobre as condições em que os aviões podem voar, inclusive em termos de decolagem e aterragem. Quando o avião está ainda na pista, naturalmente, não existe qualquer intuito de viajar em condições que coloquem em risco a integridade física dos passageiros e do avião. Até porque os controladores aéreos não autorizam qualquer saída se as condições forem perigosas. Em situações em que o tempo realmente não permite o voo, o pior que pode acontecer é o seu voo ser adiado. Caso contrário, decerto o avião receberá autorização e você não terá qualquer problema.

A possibilidade de um voo acidentado

Embora seja possível ter um voo perfeitamente normal, você deve estar preparado para a possibilidade de ter um voo acidentado, para que possa controlar os seus nervos mais facilmente. Por vezes, atravessar as nuvens provoca, por exemplo, solavancos ou quedas súbitas, contudo, tal é normal e não irá afetar o avião. Se pensarmos, quando conduzimos o nosso carro em condições de chuva e vento, também sentimos alguns solavancos, mas não é por isso que o seu carro terá qualquer tipo de problema e terá dificuldades em chegar ao seu destino.

Os relâmpagos não derrubam aviões

Segundo as estatísticas e opiniões de especialistas, são raras as ocasiões em que os aviões são atingidos por relâmpagos. Todavia, mesmo assim, se um relâmpago atingir o seu avião, não irá derrubar o mesmo. Na verdade, os aviões contemporâneos são construídos para absorverem várias vezes a energia de um raio. Se tal acontecer, a energia é dissipada por dispositivos existentes para o efeito nas asas do aparelho, não havendo qualquer tipo de repercussão para os passageiros ou sequer para os dispositivos eletrónicos do próprio avião. Mesmo que o comandante do seu voo decida aterrar o avião no aeroporto mais próximo após um incidente deste tipo, tal deve-se sobretudo a uma medida de precaução.

Os aviões são construídos para suportar essas condições

Se está preocupado com a integridade do avião, não se preocupe, pois as condições, mesmo que difíceis, não irão partir o avião. Se não está familiarizado com as características de um avião, é sempre importante saber que as suas asas podem resistir a uma enorme pressão, tal como a sua cabine. Além do mais, os dispositivos existentes na atualidade permitem que o avião aterre mesmo com baixa visibilidade, até porque os avião são muito mais manobráveis do que você possa pensar.

Está sob a responsabilidade de pilotos competentes

É relativamente comum os passageiros pensarem que existe algum frenesim no cockpit do avião quando, na realidade, tal não é verdade. O mais provável, nessas situações, é o comandante estar mais preocupado em segurar o seu café sem o entornar. Se está a voar numa companhia área com boa reputação, então decerto não terá qualquer motivo de preocupação. Tanto os pilotos, como os comissários de bordo, estão devidamente preparados para lidar e responder adequadamente a vários tipos de cenários, inclusive os colocados pelo mau tempo.

A aterragem do avião

A decolagem e a aterragem são sempre as alturas mais críticas de qualquer voo, em particular esta última. Mas, como acontece na tripulação do avião, o pessoal que está em terra está também preparado para lidar com qualquer situação. Um avião, na atualidade, pode aterrar em condições de baixa visibilidade, recorrendo a um piloto automático, com a distância e a velocidade a serem ajustadas para que não hajam quaisquer problemas.

O que você deve fazer se for viajar de avião com chuva

Agora que viu o que você deve ter em linha de conta, vamos abordar o que você deve fazer se for viajar de avião com chuva.

Confie nas estatísticas

Mesmo que o tempo lhe dê algumas preocupações, confie nas estatísticas. Voar é, indubitavelmente, mais seguro que qualquer outro meio de transporte. Isto inclui viagens em comboios, carros e motas. A possibilidade de existir qualquer acidente é de uma em cinco milhões. Além disso, os aviões têm operações de manutenção contínuas, com grande rigor, ao contrário de outros meios de transporte, pelo que não tem qualquer motivo de preocupação.

Escolha o seu assento

Uma das melhores dicas para viajar de avião com chuva que podemos dar a você é, se tiver oportunidade, escolher um assento na asa, ou seja, perto do centro de gravidade do aparelho. Isto permitir-lhe-á ter uma viagem mais calma e com poucos solavancos, ao contrário do que aconteceria se optasse por um assento na parte de trás do avião.

Observe e ouça a tripulação

Se sentir receio durante o voo, observe a tripulação. Decerto irá verificar que os seus membros estão a fazer as suas tarefas sem qualquer tipo de problema ou preocupação, pelo que você poderá também relaxar. Além disso, deverá seguir as suas instruções sempre que necessário. A turbulência é a principal causa de lesões durante um voo e, geralmente, em passageiros (ou membros da tripulação) que não tinham o cinto colocado. Mesmo que o tempo pareça bom, sempre que visualizar o sinal do cinto, deverá colocar o mesmo. Por isso, preste atenção à tripulação e às suas instruções, o que engloba também as demonstrações de segurança do voo.

Dito isto, se vai viajar de avião com chuva, não tem qualquer motivo de preocupação. O seu avião só decola se estiverem reunidas todas as condições para esse efeito e, mesmo durante voo, apesar de poder haver um ou outro solavanco, só tem de seguir as instruções da tripulação, para uma viagem sem qualquer tipo de incidentes.

« Voltar para a Página Inicial

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *