Dicas de Viagem a Berlim na Alemanha

Desde a queda do Muro de Berlim, há mais de duas décadas, que a cidade mergulhou num renascentismo cultural que se repercute em tudo, desde a moda até aos museus, desde a comida até aos clubes noturnos. Isso não significa, como pode calcular, que a cidade tenha esquecido todo o seu passado obscuro, pelo contrário, o mesmo é lembrado. Aliás, algumas atrações turísticas de Berlim relembram mesmo esse passado, como o Memorial aos Judeus Mortos da Europa (também conhecido como Memorial do Holocausto). Mesmo assim, uma viagem a Berlim é revigorante, podendo optar por uma tarde calma a passear pela cidade e, à noite, ir até a um clube para um pouco de diversão. Se gostaria de viajar até à capital da Alemanha, não deixe de ver as nossas dicas de viagem a Berlim.

Dicas de Viagem a Berlim na Alemanha
Portão de Brandemburgo

Dicas de viagem a Berlim

A cultura e costumes de Berlim

Outrora uma cidade dividida, Berlim uniu-se após a queda do Muro de Berlim, em 1989. Após essa altura, a Alemanha experienciou uma grande revitalização quer económica, quer cultural, que tornaram o país numa potência tanto na Europa como no mundo.

Apesar da língua oficial do país ser a alemã, poderá constatar que muitos berlinenses falam inglês também. Mesmo assim, poderá sempre aprender algumas palavras em alemão, como, por exemplo: guten tag ou hallo para “olá/oi”, bitte para “por favor” ou, claro, danke para “obrigado”.

Se for viajar em trabalho, deve ter em consideração que a pontualidade e a disciplina são duas características muito valorizadas na cultura alemã. Por isso, se tiver alguma reunião formal ou de negócios, certifique-se de ser pontual.

Quando estiver num restaurante, não deixe o dinheiro na mesa após receber a conta. Entregue o dinheiro diretamente ao empregado e peça o troco (se entregar dinheiro a mais). As gorjetas, normalmente, já estão incluídas na sua conta, mas, se o serviço for de excelente qualidade, pode sempre deixar uma gorjeta adicional, na ordem dos 10 a 15% da sua conta.

Berlim é uma cidade segura?

No cômputo geral, podemos considerar que Berlim é uma cidade segura. A principal preocupação para os turistas, normalmente, são os carteiristas. Por isso, é conveniente ter algum cuidado com a sua carteira e eventuais outros itens que possa ter consigo quando viajar em transportes públicos, especialmente na hora de ponta, ou estiver em atrações turísticas que tenham muitas pessoas.

Deve-se realçar que a prostituição é legal na Alemanha. Por isso, poderá encontrar em Berlim vários negócios ligados a este meio. Mas, os visitantes devem estar conscientes que uma percentagem das prostitutas da cidade são, na verdade, vítimas de tráfego humano, o que o governo se encontra a tentar reprimir.

Como poupar dinheiro em Berlim

Quem viaja sabe que é importante rentabilizar o seu dinheiro ao máximo. Para tirar o máximo proveito do seu orçamento para a viagem a Berlim, poderá ter em atenção alguns aspetos, como:

  • Visitar Berlim no inverno. Nessa altura, decerto encontrará excelentes preços tanto para voos como para os hotéis, embora as temperaturas estejam baixas;
  • Quando sair à noite, saiba que, normalmente, os estabelecimentos a este da cidade são mais acessíveis do que os situados a oeste;
  • Se gostar de visitar museus, saiba que os museus e galerias estatais, às quintas-feiras, têm horários de funcionamento alargados com horas de entrada gratuita.

O que ver em Berlim

Como pode calcular, esta cidade, até pela sua história, tem muito para oferecer a quem a visita. Descubra abaixo o que pode ver em Berlim:

  • Berliner Fernsehturm (Pago);
  • Checkpoint Charlie (Pago);
  • East Side Gallery (Grátis);
  • Ilha dos Museus (Pago);
  • Jardim Zoológico de Berlim (Pago);
  • Memorial aos Judeus Mortos da Europa (Grátis);
  • Museu Pergamon (Pago);
  • Palácio de Charlottenburg (Pago);
  • Potsdamer Platz (Grátis);
  • Portão de Brandemburgo (Grátis);
  • Reichstag (Grátis);
  • Tiergarten (Grátis);
  • Topografia do Terror (Grátis).

Meios de transporte em Berlim

Pode-se considerar que a melhor forma de circular em Berlim é através dos comboios subterrâneos U-Bahn ou os comboios elevados regionais S-Bahn, sendo que ambos fazem parte do sistema de transportes públicos BVG. Você pode, inclusive, tomar o U-Bhan desde o Aeroporto de Berlim-Tegel “Otto Lilienthal”, o principal aeroporto internacional da cidade, localizado a apenas 5 milhas do centro da cidade, bem como desde o aeroporto secundário, o Aeroporto de Berlim-Schönefeld, situado a cerca de 13 milhas do centro da cidade.

A cidade também disponibiliza diversas linhas de autocarro e trams. Apesar do serviço ser significativamente mais lento, os viajantes podem tirar partido do Berlin WelcomeCard, que oferece serviços tanto nas linhas de autocarro como nas linhas de comboio.

Como acontece com qualquer outra grande metrópole, o aluguer de carros é desencorajado. Isto porque existe muito tráfego e pouco espaço para parqueamento. Mas, para quem quiser fazer um pouco de exercício, pode sempre alugar uma bicicleta e pedalar pelas ruas e parques da cidade.

Em alternativa, existem também táxis disponíveis, os quais você pode apanhar acenando para os mesmos na rua ou simplesmente agendando previamente o seu transporte com uma empresa de táxis.

O que comer em Berlim

Naturalmente, nestas dicas de viagem a Berlim não podíamos deixar de abordar o que pode comer na cidade. Existem muitas opções, com especial ênfase na gastronomia tradicional alemã, mas sem esquecer a cena alimentar étnica que prospera nos restaurantes da cidade, além das várias opções vegetarianas também que encontrará ao seu dispor.

Mas, quanto ao que comer em Berlim, para uma experiência autêntica, poderá desfrutar de pratos tradicionais. Estes incluem, por exemplo, desde uma grande variedade de salsichas, desde porco a vitela, até ao bife panado, de influência austríaca. Enquanto estiver na cidade, dê um pulo até ao Zur letzten Instanz, o restaurante mais antigo de Berlim, para deliciar-se com algumas iguarias tradicionais.

Em Berlim, poderá também constatar que existe uma grande influência turca, afinal, mais de 200.000 turcos vivem na cidade. Poderá visitar o Turkish Market, para dar uma vista de olhos sobre todas as iguarias, mas, acima de tudo, não deixe de saborear um bom Döner kebab, fácil de encontrar nos diversos vendedores de rua em toda a cidade.

E, além disso, claro que nenhuma viagem a Berlim ficaria completa sem provar a cerveja. A cerveja faz parte da cultura alemã, por isso, quando estiver cansado de passear, pare numa cervejaria e aproveite para tomar uma cerveja fresca.

Qual a documentação que precisa para visitar Berlim

Depende. Se você for um cidadão de um país do espaço Schengen, apenas irá necessitar do seu cartão de cidadão, mas, se for cidadão de outro país, apenas necessita de ter o seu passaporte consigo, o qual deverá ser válido, pelo menos, por mais seis meses para além da sua data prevista de estadia na cidade. Os vistos, geralmente, só são solicitados para quem pretende prolongar a estadia para além de 90 dias. Se for o caso, deverá entrar em contacto com a embaixada alemã no seu país.

Qual a melhor altura para visitar Berlim

A melhor altura para visitar Berlim é, sem dúvida, entre os meses de maio a setembro, altura em que o tempo está ideal para passear pela cidade ou simplesmente desfrutar da esplanada de um café berlinense. No inverno, as temperaturas descem consideravelmente, o que afugenta muitas pessoas. Contudo, mesmo assim, para quem tem um orçamento mais reduzido, esta pode ser a melhor altura para conseguir as melhores tarifas nos bilhetes de avião e no alojamento em Berlim.

Qual a moeda que pode usar em Berlim

Tal como acontece em toda a Alemanha, a moeda oficial da cidade é o euro. Se esta for a sua moeda, não terá com que se preocupar, contudo, se não for o caso, deverá estar atento às taxas de câmbio, para poder trocar dinheiro. Em todo o caso, os principais cartões de crédito são aceites na maior parte dos restaurantes e lojas, podendo sempre também recorrer às ATM para levantar dinheiro enquanto estiver em Berlim.

Se vai viajar para a capital da Alemanha, esperamos que estas dicas de viagem a Berlim lhe sejam úteis. Se já viajou para este destino e tem algumas dicas adicionais, não deixe de partilhar as mesmas com os restantes leitores, deixando um comentário a este artigo.

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *