Castelo Real de Wawel – Um local a visitar na Polónia

O castelo real de Wawel é, indubitavelmente, um dos melhores locais a visitar na Polónia, a par de outros marcos importantes do país, como o Museu de Auschwitz.

No cerne do coração da Polónia, quer no âmbito político, quer cultural, desde o século XVI, o castelo real de Wawel é um símbolo da identidade nacional. Atualmente, é um museu, o qual alberga cinco secções distintas, nomeadamente: o tesouro e armamento da coroa; os quartos de Estado; apartamentos reais privados; o Wawel perdido; exibição sobre arte oriental. Para visitar cada secção é necessário um bilhete separado. Dos locais referidos, os mais populares e impressionantes são os quartos estatais, bem como os apartamentos reais privados. No castelo poderá também ter um vislumbre da pintura mais valiosa da cidade, nomeadamente uma das obras-primas de Leonardo da Vinci, mais precisamente a “Dama do Arminho”, encomendada em 1485 por Ludovico Sforza.

Castelo Real de Wawel

A história do castelo real de Wawel

Este castelo renascentista teve origem no século XVI. Uma residência original, mas muito mais pequena, foi construída no séc. XI pelo rei Bolesław I Chrobry. Porém, foi Kazimierz III Wielki que o transformou num fabuloso castelo gótico. Quando foi queimado em 1499, Zygmunt I Stary encomendou uma nova residência. Num espaço de 30 anos, o atual palácio, fortemente inspirado em Itália, foi erguido. Apesar das extensões e alterações, a estrutura de três pisos, completada com um pátio arcado em três lados, foi preservada até aos dias de hoje.

Constantemente saqueado e vandalizado pelos exércitos suecos e prussianos, o castelo foi mesmo ocupado pelos austríacos no século XIX, que pretendiam tornar o mesmo em casernas e mover os túmulos reais para outro lado. A ideia não seria colocada em prática, embora ainda tivessem adaptado determinadas zonas do castelo para outras funções, como a cozinha real, que transformaram num hospital militar. Infelizmente, também adicionaram construções nas paredes, que acabaram por arruinar muitas das fortificações góticas originais.

Após a Primeira Guerra Mundial, começou o trabalho de restauração no castelo, o qual foi mantido até ao início da Segunda Guerra Mundial. Após anos de estagnação, o trabalho foi retomado após a guerra, sendo possível de se recuperar uma grande parte da antiga forma do castelo, bem como da decoração interior.

Dito isto, é um pontos turísticos de maior interesse no país e, se tem interesse por castelos e palácios, deve procurar integrar uma visita ao castelo real de Wawel no seu roteiro de viagem, quando visitar a Polónia.

« Voltar para a Página Inicial