Dicas de Viagem a Praga na República Checa

Procura dicas de viagem a Praga? Esta cidade, repleta de vida, está paulatinamente a estabelecer-se como um dos principais destinos a visitar na Europa, sendo, por isso, cada vez mais visitada.

O seu cenário pitoresco, contudo, esconde um passado conturbado, que remonta ao ano de 870, mas o seu longo historial tornou também a cidade fascinante para quem a visita. Atualmente, as suas igrejas, ruas estreitas, castelo e pontes criam uma atmosfera que mais parece retirada de um livro de fantasia e que decerto agradará até ao turista mais exigente.

Outrora, Praga era um destino pouco conhecido, quiçá ofuscado por outros países, mas, hoje em dia, é quase um santuário para quem procura um destino diferente e, além disso, relativamente acessível financeiramente.

Mesmo atualmente, algumas das principais atrações turísticas de Praga, como é o caso do histórico Castelo de Praga ou da famosa Ponte Carlos, ainda oferecem entradas gratuitas e, além disso, vários hotéis na cidade ainda disponibilizam dormidas bem mais baratas do que outras cidades europeias.

Por isso, se pretende visitar este destino, preparamos para si algumas dicas de viagem a Praga na República Checa que decerto ajudar-lhe-ão a preparar adequadamente a sua viagem e prepará-lo aquando da sua visita.

Dicas de Viagem a Praga na República Checa
Praga é uma cidade com uma atmosfera muito peculiar.

Dicas de viagem a Praga

A documentação necessária para Praga

Se você é um cidadão de um país da União Europeia, você não irá precisar de qualquer documentação adicional para além do seu documento de identificação convencional. Contudo, se for um cidadão de outro país, irá precisar do seu passaporte para entrar no país, o qual deverá ser válido, pelo menos, por mais três meses, para além da data prevista de estadia.

No que concerne aos vistos, estes só são necessários se pretender ficar no país por mais de 90 dias. Caso contrário, não irá precisar de visto. Se tiver alguma dúvida a esse respeito, pode contactar a embaixada da República Checa no seu país.

Cultura e costumes em Praga

Quando visitar o país e, em particular, essa cidade, deverá ter em atenção que os checos são conhecidos por serem formais e mais reservados que outros povos, embora amigáveis. Em muitos bares e restaurantes, grupos podem inclusive partilhar mesas, se houver espaço, mesmo que não se conheça. É costume deixar uma gorjeta aos empregados, cerca de 10 a 15% da tarifa, pelo bom serviço prestado. Porém, tenha o cuidado de deixar a gorjeta diretamente com o empregado e não em cima da mesma.

Embora muitas pessoas falem inglês, se precisar de ajuda ou indicações, pode sempre experimentar falar um pouco de checo para granjear mais simpatia junto dos locais, que costumam responder de forma simpática a quem tenta falar a língua local. Por isso, usar um guia de conversação pode ser boa ideia, nem que seja só para poder dizer as palavras mais básicas.

Hospedagem em Praga

No que concerne a formas de hospedagem em Praga, existem diversas pelas quais pode optar. Estas incluem, por exemplo, hotéis (de 1 a 5 estrelas), hostels, apartamentos, casas de férias, alojamentos locais, entre vários outros. Para se familiarizar com todas as suas opções, fazer simulações ou reservar desde já o seu alojamento em Praga, recomendamos que visite o Booking.com.

O que comer em Praga

A gastronomia checa não é propriamente tão conhecida ou procurada como outras, contudo, isso não significa que não seja deliciosa. A sua gastronomia é fortemente influenciada por países vizinhos, como a Alemanha, Áustria ou Polónia.

Os pratos típicos são muito confecionados à base de carne, junto com molho e bolinhos de pão, chamados de “knedlíky”. Esta conjunção resulta num dos pratos checos mais afamados, nomeadamente a “svícková”, que também inclui um molho de vegetais. Mas poderá também encontrar ainda outros pratos típicos como o “bramboráky”, que é, na prática, panquecas de batata, e muito popular como comida de rua. Para quem gosta de algo doce, pode experimentar o “ovocné knedlíky”, que é um bolo de frutas, ou o “perníky”, que é um biscoito de gengibre.

Se visitar Praga, não pode deixar de saborear a sua cerveja. Na verdade, não é por acaso que a República Checa é um dos países onde mais se consome cerveja. Deve-se precisamente à qualidade da mesma. Tenha em atenção que, em alguns estabelecimentos, os empregados continuam a trazer cerveja para a sua mesa até você pedir para parar ou pedir a conta.

O que ver em Praga

Não é por acaso que Praga é cada vez mais popular. Na verdade, existe muito para ver na cidade. Vejamos abaixo algumas sugestões para incluir no seu itinerário pela cidade e manter-se ocupado durante a sua estadia:

  • Bairro Judeu (Josefov);
  • Casa Dançante;
  • Catedral de Praga;
  • Catedral de São Vito (Chrám svatého Víta);
  • Igreja de São Nicolau (Chrám svatého Mikuláse);
  • Ponte Carlos (Karluv most);
  • Praça da Cidade Velha (Staromestské námestí);
  • Relógio Astronómico de Praga;
  • Teatro Nacional (Národní divadlo).

Qual a melhor época para visitar Praga

Podemos considerar que a melhor época para visitar Praga é na primavera e quiçá até no princípio do outono, alturas em que o clima está agradável e existem menos multidões na cidade.

No verão, as temperaturas sobem consideravelmente e, embora possa viajar nesta altura, é precisamente nesta época que se encontram mais turistas na cidade. Na primavera e no início do outono, normalmente, é possível desfrutar de temperaturas agradáveis, céus limpos e, claro, de tarifas bem melhores em alojamento nos hotéis da cidade.

Durante a época natalícia, a cidade fica muito bonita, contudo, se viajar nessa altura deverá estar preparado para o frio e para a neve que muitas vezes se encontra na cidade nessa altura.

Qual é a moeda de Praga

É preciso ter em linha de conta que, apesar da República Checa fazer parte da União Europeia, ainda não adotou o Euro como moeda oficial, embora pretenda fazê-lo no futuro. Quando? Ainda não se sabe. Até lá, terá de continuar a usar a moeda oficial do país, que se chama “koruna”.

Para o ajudar, poderá sempre usar conversores de moeda online, para ter uma noção melhor de certos valores. Se levar o seu cartão de débito, poderá depois usar o mesmo nas caixas ATM existentes na cidade para levantar dinheiro ou, em alternativa, recorrer a uma casa de câmbio.

Segurança em Praga

Praga é uma cidade segura e agradável para visitar, contudo, mesmo assim, é conveniente tomar algumas precauções. Assim, no centro da cidade e em sítios que os turistas costumam frequentar, você deverá estar atento a potenciais carteiristas. Poderá também encontrar pessoas sem abrigo e outras pessoas a pedir dinheiro.

Nunca deixe as suas coisas fora de vista ou a sua carteira visível, especialmente em estações de transportes públicos. Manter-se vigilante e ter uma atitude preventiva permitir-lhe-á evitar eventuais dissabores. A nível de segurança pessoal, para um maior conforto, poderá também optar por fazer um seguro de viagem para si ou para quaisquer outros elementos da sua família.

Transportes em Praga

Segundo especialistas, a melhor forma de se deslocar em Praga é a pé ou, em alternativa, através de transportes públicos. Na verdade, explorar a pé a cidade pode ser verdadeiramente entusiasmante e um regalo para os olhos. Além disso, muitas das atrações turísticas de Praga ficam à distância de uma caminhada.

De qualquer modo, existe um extenso sistema de transportes públicos pelos quais pode optar para se deslocar, o que inclui o autocarro, tram e metro. Para chegar à cidade a partir do aeroporto de Praga, nomeadamente o Václav Havel, você pode apanhar o autocarro nº 119 até à estação de metro Nádraží Veleslavín, na linha verde (linha A), para o centro da cidade. Se preferir maior comodidade, poderá viajar de táxi desde o aeroporto, mas a viagem poderá custar-lhe cerca de 500 a 600 korunas (o que é cerca de $20 a $25) até ao centro da cidade.

Tenha, contudo, em consideração que muitos táxis têm a reputação de cobrarem valores a mais, por isso, pergunte sempre quanto custa a viagem antes de entrar num táxi para evitar pagar mais do que deve.

Se já visitou esta cidade e tem mais algumas dicas de viagem a Praga que gostaria de partilhar com os nossos leitores, deixe-nos o seu testemunho através do formulário abaixo.

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *